Sobre mim

Foto3Me chamo Halana Faria. Escolhi como ofício cuidar de outras mulheres em sua inteireza e complexidade, além de ajudá-las no caminho de auto-conhecimento e resistência contra o processo crescente de medicalização de suas vidas. Sou formada em medicina pela UFSC, fiz residência em Ginecologia e Obstetrícia na Maternidade Carmela Dutra (SC) e especialização em acupuntura pelo IPE/SC. Sou mestra pela Faculdade de Saúde Pública/USP e trabalho no Coletivo Feminista Sexualidade e Saúde em São Paulo e em Florianópolis (http://mulheres.org.br/). O Coletivo foi o espaço que me ensinou ser possível e necessário oferecer às mulheres outro tipo de atendimento à sua saúde sexual e reprodutiva.

39 comentários

  1. Quero mais. Rsrs.. Amei o blog. Ideia fantastica. Em 10 minutos li tudo e concordo com tudo. Adorei e estarei sempre por aqui atras de informações valiosas, ricas!!! Parabéns pela iniciativa.

  2. Amei a iniciativa! Que a Deusa te cubra de bênçãos! Li tudinho já e amei o conteúdo, você escreve com clareza e tem domínio do se propõe a tratar. Amei mesmo.

  3. Amei o blog e penso como deve ser facilmente amável a mulher que o concebeu. Nós mulheres precisamos de informações assim, que nos orientem com relação aos nossos corpos e aos nossos direitos. Que mobilizem a reflexão sobre práticas tão banalizadas de saúde, a partir da ética do cuidado e do respeito à vida, para que nossos corpos não sejam mercadorias.

  4. Não sei se esse é o espaço adequado para minha questão, mas vamos lá. Tenho uma jovem amiga que tem ovários policísticos e há anos usa anticoncepcional pra controlar.. como me preocupo com ela, gostaria de saber se existem tratamentos alternativos pra esse problema. Obrigada!

    1. Oi Iane! Como problema sistêmico que é, a Síndrome dos Ovários Policísticos (se for realmente o caso dela – há muitas mulheres diagnosticadas indevidamente), exige uma abordagem que envolve mudanças alimentares, atividade física e em alguns casos é possível tentar fitoterápicos e outras terapias complementares. Abraço!

  5. Eu acho que você PRECISA urgente escrever um livro que sirva como manual pra uma nova visão ética da Ginecologia, mais importante do que orientar as pacientes seria orientar os futuros médicos. Seus textos são de importância gigantesca ❤ Obrigado por tudo isso

  6. Me identifiquei muito com suas ideias, bacana saber que há profissionais da saúde feminina que não são apenas os promotores das industrias farmaceuticas. Gostaria ter acesso a uma GO com essa linha de ação e pensamento na minha cidade.

  7. Linda prima Halana!
    Seus escritos são p lá de humanos e isso por si só já é mais q louvável.
    Parabéns pela dedicação!
    Saudades enorme de ti!

  8. Que paz!!! Uma médica Humanista! Isso é muito bom para a Vida. Parabéns pelo trabalho Halana Faria.
    “O decisivo não é o diploma médico, mas a qualidade humana.” C. G. Jung

  9. Oi Halana, me chamo Joseane, sou enfermeira, atualmente moro em Jundiaí, mas antes eu morava em Videira, Santa Catarina. Temos amigos em comum e já havia ouvido falar do seu trabalho. Adorei o blog. Quando vi que era seu, já mostrei para as amigas de lá! Fantástico. Parabéns!!

  10. Meu Deus!!!! Só preciso dizer que vc é maravilhosa!!!! Que texto fantástico! Que privilégio tem as pessoas atendidas por vc!!! Se souber de alguma profissional minimamente parecida com vc em Curitiba-Pr, por favor me indique. Gratidão total!!!!

  11. Olá,descobri seu blog a pouco e já gostei mt dos tópicos/assuntos que aborda e como a outra moça tb gostaria de ser atendida por você.
    Como tu n mora aqui, gostaria de saber se n tem o contato ou conhecimento de algum coletivo aqui de Salvador-Bahia onde moro que faça um trabalho semelhante ao seu?
    aguardo!

  12. Oi Halana! Parabéns pelo blog e gostaria de dizer que o seu trabalho é inspirador. Também atuo na área de saúde, como uma professora iniciante na área da enfermagem,que é a minha formação. Me identifiquei muito com sua forma de esclarecer, passando todas essas informações pelo blog de uma maneira clara, a partir de estudos e outras coisas mais. Mas ao mesmo tempo fiquei muito triste em saber que no estado de Mato Grosso (estado onde moro), ainda existem poucos coletivos femininos (olhei o site que você passou os links em outros comentários e fiz uma rápida busca no google). Fato este que também me anima em buscar conhecer como alguns coletivos tem se organizado. Mas não encontrei nenhum, assim como o que você participa, na área da saúde empoderando mulheres. Sei que há grupos que tem empoderado mulheres para o parto humanizado. No entanto, não tenho conhecimento de que haja movimentos que realmente atendam a população de mulheres das periferias com essa abordagem clara para elas, com o uso da saúde pública, dos saberes populares, das práticas culturais…Enfim, vejo que há um desafio por aqui e talvez a minha inquietação particular possa dar início em algo parecido em algum momento. Imagino que você seja uma pessoa bem ocupada, mas sempre que tiver como continue a publicar seus textos. Eles são extremamente valorosos. Desde já deixo meu abraço e desejo sucesso em seu trabalho, seus estudos e em sua vida!

  13. Olá! Eu sou do Rio Grande do Sul, e por aqui não estou encontrando profissional que tire medida para diafragma, gostaria de saber se no Coletivo Feminista de SC há atendimento para esse fim e se é possível que eu seja atendida lá.

  14. Ola dra. Me chamo thalita e estou precisando de ajuda. Depois de 10 anos tomando pilula e tentar mais de 8 diferentes marcas e hormonios, decidi parar pois não aguentava mais tantos efeitos colaterais. Pesquisei sobre o diafragma e acho que seria perfeito. Porem ja fui a 5 ginecos e todos eles me desanimam e não preescrevem, acho que um pouco por essa cultura da pilula que existe. Enfim preciso de ajuda… Poderia me indicar algum medico que você conheça que atenda em sp e apoie esse tipo de método
    para que eu faça uma consulta. Agradeço muito desde ja e admiro muito seu trabalho e profissionalismo em atender nos mulheres, apoiar nossas deciçoes. Um grande abraço. Thalita munhai e-mail thalitamunhai@hotmail.com

  15. Olá, você tem um email para que possa me passar? Me interesso muito por essa área queria saber mais do Coletivo, pois participo de um grupo de pesquisa sobre medicalização na área de sociologia, politicas públicas e das consultas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s